8 de janeiro de 2009

O novo acordo ortográfico vem aí... E agora, José?


Agora é pra valer, desde o raiar de 2009 o novo acordo se encontra entre nós, países de língua portuguesa! As letras K, W e Y ganham espaço no nosso alfabeto... Espaço esse que já existia nos nossos dicionários... Cada uma faz o seu show, marcando presença nos Kafkas, Wagners em todos os Km percorridos e Kg engordados... O trema sai de cena, mas garante que nas nomenclaturas estrangeiras de lá ele não sai, de lá ninguém o tira: Gisele Bündchen respira aliviada! E por falar em sair de cena, os acentos tônicos dão no pé, levando consigo os diferenciais, que por sua vez puxam os circunflexos e agudos dos ditongos abertos, de algumas formas verbais e dos hiatos. Ah, o hífen, esse garoto enxaqueca que tá dando o que falar... [ quem não sabia usar, vai continuar sem saber]
E agora, José?
Desde 1986 o acordo tentava ganhar espaço entre os usuários da língua portuguesa com a finalidade de unificar a forma de escrever nos países lusófonos. Para Evanildo Bechara, um dos principais gramáticos brasileiros e membro da área de lexicografia da Academia Brasileira de Letras, o acordo é satisfatório visto que há 100 anos se tenta arrumar o idioma escrito. Por mais que alguns considerem o acordo positivo, seja por questões diplomáticas ou qualquer outro motivo, isso não o torna acessível! Digamos que as mudanças incentivarão o retorno ao estudo da boa e velha [nova] norma. O mercado editorial agradece e boa parte das reedições dos dicionários e outros exemplares será custeada pelos contribuintes. O que vai ser da vida dos professores? Ainda não há garantias de treinamentos para eles...
Nosso tempo de adaptação ao acordo promulgado desde setembro de 2008 será de 4 anos... Já os portugueses terão 6, visto que as mudanças pros lados de lá foram bem maiores e mais aterrorizantes, pobrezinhos! Segundo a Revista Veja, será lançado em fevereiro um manual chamado Vocabulário Ortográfico, que constará de 360.00 palavras elaboradas por Bechara e colaboradores e que, após os quatro anos estabelecidos, poderá sofrer adaptações.
Mas, e agora José?
O jeito é recorrer aos manuais na esperança de uma autoaprendizagem a fim de alçar vôos sobre-humanos.


Ps.: Sugiro que vocês baixem um manual que está disponível no link a seguir: GUIA PRÁTICO DA NOVA ORTOGRAFIA

9 comentários:

Hamul disse...

hahahaha
gostei do texto xDD

e gostei ainda mais desse manual de "grátis" ai xD

Débora disse...

Tema muito legal!!!
Estamos muito confusos com relação a essas mudanças. O manual veio em boa hora!!!

Mima disse...

Debbynhaaaaa, nao sabia que você tinha um blog! Legal, vou acompanhar ^^ tow precisando ler sobre a língua portuguesa.. é impressionante como ficar um ano fora do Brasil deteriora tudo >.< beijos =*****
ah, esse acordo ortográfico é mó furada.. só o Brasil mudou... os portugueses tao fazendo um monte de protestos pq falam que agora o portugues vai virar o brasileiro... e a maioria dos outros países nem assinar o acordo assinaram.. acho que vai dar só o Brasil mudando...

otdx disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
otdx disse...

Debby!

Obrigado pela dica!
Preciso aprender bem essas mudanças...

Abraço! =*

Mimi disse...

Acho que isso foi bem um golpe do mercado editorial xD
Ce vai adotar a nova norma nos seus textos aqui, né?

Debby disse...

Uhum, sim claro Mimi ^^
E Mima, do jeito que a coisa vai, acredito que o negócio vai vingar em Portugal tb oO

ivina disse...

- e minha tia podia ser mais inteligente? Adorei o texto.. ao mesmo tempo que dá uma tristeza.. por ter que fzer redação com td diferente. :X

Nathi disse...

Nossa, muito legal aqui...gostei do blog e depis de algumas leituras acho que vou segui-la!!

Apreciei a degustação!

^^

21 dias com Elizabeth Elliot: Nada é meu (19)

 "If we hold tightly to anything given to us unwilling to allow it to be used as the Giver means it to be used we stunt the growth of...

•top sabores•