18 de maio de 2009

1° Mito: "Escrever é um dom que poucas pessoas têm"







Expressões do tipo
"Eu não tenho o dom da escrita" "Não fui escolhido" "Não recebi esse talento quando nasci" são muito comuns entre os alunos quando se veem sem ideias diante da página em branco.

Pode-se dizer que a escrita é uma construção social, pois sempre precisamos do outro para começar e continuar escrevendo.

Um fator determinante do nosso grau de familiaridade com a escrita seria a forma que aprendemos a escrever, que valor o texto escrito tem para nós e para a esfera social em que circulamos, a intensidade de leituras que fizemos ao longo da vida e a frequência com que produzimos textos. Sendo assim, esses detalhes funcionam como uma fórmula para os que desejam amadurecer a escrita e melhorar o desempenho em relação aos textos produzidos.

Embora seja tão polêmica, a questão do dom pode ser atribuída aos grandes escritores da literatura, mas, mesmo assim, sabe-se que todos eles só se revelaram escritores após um grande processo de aprendizagem e uma convivência intensiva com a escrita. Não há notícias de que alguém nasceu escritor e o processo que faz de alguém um célebre ainda é enigmático.

O importante é compreender que todos podemos chegar a produzir excelentes textos e que isso não é uma dádiva especial dos céus, mas o fruto do esforço daqueles que pretendem amadurecer nesse sentido. Pessoalmente, tive vários traumas referentes à produção textual, mas a cada dia tento passar por cima de tais obstáculos. Fica então a dica sobre o primeiro mito sobre a escrita!




Fonte:
GARCEZ, L. H. C. Técnica de redação: o que é preciso saber para bem escrever. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

12 comentários:

GABRIEL, gustavo disse...

Como disse uma vez uma querida minha:

"Esperar que todo mundo tenha o dom que quer é coisa de preguiçoso, ô preguiçoso"

Se aplica.

farofeiro disse...

bom, eu diria q escrever BEM é q é o problema... rsrsr

brigado pelo link ae :)

Rita disse...

Escrever, antes de tudo, é um exercício.

Seu blog é muito fofo, Debbie!
;)

Rita disse...

Desculpe o erro no seu nome, Debby!

:p

Debby disse...

As pessoas me chama dos dois jeitos, Rita, haha!
=p
Chame como quiser;)

Mimi disse...

É por isso q eu insisto com o blog, mas tem vezes que até descrever o meu dia fica difícil, rs.

Debby disse...

Que bom, Mimi é um ótimo exercício. Eu gosto da forma como vc escreve ^^

;*

Rita disse...

Debby, obrigada pelos links aqui no seu blog!

Ah! E pela visita que me fez lá.
Mas tem resposta lá, ok?
;)

Valeu!

Bjks!

Debby disse...

Oba!
Tá bem x)

Nathi disse...

Praticar mesmo descentemente não estou, mas aos trancos e barrancos eu vou escrevendo sempre, no blog, depos, recados em bilhetinhos, coisas básicas do dia-a-dia!

Escrever é com certeza um exercício de prazer!

;)

Debby disse...

Nathy, não importa o gênero que vc mais escreve, a prática é válida ^^
As postagens no blog são um ótimo exercício textual!

Bjoks

Pensamentos soltos traduzidos em palavras disse...

Estou seguindo, siga-me por favor?!
mt bom seu blog. parabéns!

Good People (Spoiller Alert!), de David Foster Wallace

Leia o texto a seguir e somente após ter feito isso, volte e leia a análise: GOOD PEOPLE Two young Christians and an unwanted pregna...

•top sabores•