27 de fevereiro de 2013

Minha "Biblioteca de Babel"

Após um longo tempo de espera e ansiedade pela chegada da amazon aqui no Brasil, finalmente comprei o meu kindle! 
Desde que o adquiri (e ficar como criança brincando com ele), fiquei pensando em um conto do Jorge Luís Borges que li há algum tempo no curso de Letras e cheguei a conclusão de que posso chamá-lo de *A Biblioteca de Babel. Aos que ainda não leram, fica a lição de casa!

Há algum tempo eu era terminantemente contra os leitores de e-Readers por uma razão simples: siu uma cheiradora de livros, gosto de pegá-los, apertá-los e senti-los em minhas mãos, tanto quanto a menina do conto **Felicidade Clandestina de Clarice Lispector e ficava bem incomodada com a ideia de que os livros poderiam se extinguir do mundo algum dia. Com o passar do tempo eu comecei a ler um pouco sobre eles e vi que podem ser grandes aliados no incentivo à leitura. Vou explicar mostrando as vantagens de ter um e-Reader nas mãos:

1- Economia de espaço em casa;
2- Alguns títulos são exclusivos neste formato;
3- Ao menos no kindle que adquiri, possuo um espaço para armazenar cerca de 1.000 livros;
4- Posso levar na bolsa para onde eu quiser, já que não pesa;
5- As baterias dos leitores costumam durar bastante;
6- A leitura não cansa, pois mesmo que algumas versões possuam luz interna, a sensação é a de estar lendo em papel de verdade;
7- Mesmo lendo com a luz acesa atrás de você, o reflexo dela não atrapalha, como seria no caso de um pc, tablet ou notebook, pois os e-Readers são projetados em textura muito semelhante ao papel;
8- No meu caso, estou ampliando o meu vocabulário de língua estrangeira, pois estou lendo livros em inglês. O dispositivo dispõe de dicionários de inglês e português;

Após a explicação de algumas das razões pelas quais aderi ao formato, você poderia perguntar: 
-- Mas você ainda curte livros de papel? Eu responderia:
--Claro que sim, ainda gosto muito! Continuarei comprando em ambos os formatos. Quanto mais livros, melhor!
Eu não poderia deixar de falar da parte estética do  kindle! Eu acho lindo os papéis de parede que entram automaticamente cada vez que inicio o meu kindle. Fotografei alguns para vocês que ainda não conhecem (clique para ampliar a foto):


Por fim, sugiro que quem ficou curioso a respeito dos e-Readers pesquise e veja o que mais agrada. Sou suspeita em falar, mas recomendo muito o kindle. Para maiores informações, acesse o site da amazon brasileira aqui.

Na minha lista de livros do kindle, incluí  Os Miseráveis na versão em espanhol.

Seja qual for o estilo de livro que mais combina com você, boa leitura!

* e **: O links vão direcioná-lo à leitura dos contos citados.




6 comentários:

Jan disse...

Awww Debba, me deu mais vontade de ter um kindle tbm *-* e tá barato :O (pra mim ainda está caro, mas tá barato!)
Farei a lição de casa em breve, 'fessôra =P
Bjos! =**

Débora Oliveira disse...

Faz que nem eu, Jan, juntei grana pra poder comprar. E sim, tá baratinho mesmo! Acho que vc vai curtir a lição de casa!Obrigada pela visita, fofa! =**

Noemi B. Nicoletti disse...

Sinto exatamente a mesma coisa em relação ao Kindle. ADORO e ADORO livros de papel também. São parceiros, como TV e cinema :) Num o que conta é o conteúdo, no outro a experiência.

Hamul disse...

Como comentei com a srta.
Em um simples assalto, você pode perder os seus "1.000" livros... =///

Celso disse...

Olá Débora.
Muito bacana o seu blog.
Estou ensaiando a compra de um deste. Suponhamos que eu me supere e precise de espaço pra mais que mil livros... dá pra expandir a memória?
o/

Débora Oliveira disse...

Olá, Celso, tudo bem? Obrigada pela visita ao meu blog e que bom que gostou dele, volte sempre! ;)
Então, até onde eu sei, não é possível expandir a memória do dispositivo. Pesquisei a sua pergunta no site da amazon e não vi nada relacionado ao assunto, mas ó, pra vc esgotar a memória dele vai demorar pra carambaaaa. O formato mobi é tão leve, mas tão leve que isso levará um tempo, rs. De qualquer forma, eu recomendo, tô felizona com o meu, rs.
o/

21 dias com Elizabeth Elliot: Nada é meu (19)

 "If we hold tightly to anything given to us unwilling to allow it to be used as the Giver means it to be used we stunt the growth of...

•top sabores•