18 de março de 2012

Um poeta perdoado





Evangelho em prosa poética,  simplicidade e precisão, melodias que tocam fundo o coração e provocam mudança de vida. A tarefa de definir as músicas do Stênio Marcius é muito difícil, pois ele é para mim um dos maiores poetas da música cristã da atualidade. Autor de mais de 300 composições (algumas gravadas por outros cantores, entre eles João Alexandre), cada música é uma obra de arte. Enquanto escrevo o post, muitas de suas canções ecoam na minha cabeça e não teria como falar detalhadamente de todas que conheço, mas farei pelo menos com as que mais me tocam no momento, pois vez que as ouço  ocorre uma nova epifania que acaba me fazendo repetir infinitamente aquela determinada música. Ele já tem quatro CDs lançados: “O Tapeceiro”, “Estima”, “Canções à Meia Noite” e “A Beleza do Rei”.
A que mais aprecio chama-se Alguém Como Eu. Essa música me toca muito, pois nos faz refletir a respeito da humanidade de Cristo enquanto esteve aqui na terra. Já parou para pensar que ele sentiu as mesmas necessidades que nós? Já imaginou sobre o que o nosso Mestre sonhava ao dormir, especialmente naquele momento da tempestade em que Ele se encontrava com os discípulos? Sonhava Ele como homem ou como Deus? A seguir um vídeo que encontrei em que é possível ouvir a música acompanhado pela legenda:




Eu poderia separar as músicas do Stênio em duas categorias: as poéticas  e as poéticas em prosa, pois contam histórias de personagens bíblicos.Quanto às primeiras, destaco É n'Ele, O Senhor do Tempo, Lírios e Pardais, Acordo ( que faz referência ao Salmo 42), O Tapeceiro (que ficou bastante conhecida na voz de João Alexandre), E Se (baseada no capítulo 3 do livro de Habacuque), Muralhas, Uma Coisa Peço, entre outras.
Das músicas que retratam histórias de personagens bíblicos, destaco Velha Amizade, uma belíssima canção que conta a história do aleijado que com a ajuda dos amigos desceu através de um buraco aberto pelos amigos no telhado, pois era impossível entrar pela porta enquanto Jesus ensinava lá dentro da casa (Lucas 5: 17-26). Vejam como a história ganha vida na música e como é possível visualizar as ações:


Era um aleijado, mas que não viva só
Tinha 4 amigos
4 corações repletos de bondade e fé
Esperança à vista
4 cordas cada uma numa ponta de uma cama
Um buraco aberto num telhado
Muita sincronia equilibrio e pontaria
4 homens que não sabem o que é
Desistir, duvidar

Desce aquela cama bem no meio do lugar
Onde estava Cristo
O que é mais difícil? Quem irá me responder?
Perdoar ou curar?
Sai andando o aleijado carregando o seu leito
Como é livre alguem que é perdoado
No telhado 4 homens abraçados, lágrimas e risos
Me responda o que é difícil pra Deus operar

Olhas os 5 amigos até parecem com os guris do lugar
Sobe na figueira, pula ribanceira, banho de cachoeira com lama e poeira
Travessuras mil pra fazer
Como foi há tempos atrás
Chega de sofrer, chega de lembrar, bobo é quem por último chegar.

Outra música dessa categoria chama-se O Amigo da Festa, na qual a história do primeiro milagre de Jesus é contada com detalhes que embelezam ainda mais o relato bíblico. Essa eu também faço questão de colocar a letra para que vocês possam saboreá-la:


Dia de festa, dança e sorriso
Hoje vai ter casamento bonito
Jesus também foi convidado
Vai muito bem arrumado
Leva presente com alegria
Feito na carpintaria

A decoração está uma beleza
Muita delícia e fartura na mesa
O noivo está emocionado
Parece tão deslumbrado
Nunca se viu noiva tão bela
De branco está mais singela

Mas de repente o que aconteceu
Quase ninguém percebeu
O pai da menina, desesperado
Leva a mão no rosto, semblante pesado
Olhou para a filha dançando risonha
Pensou no vexame, tristeza e vergonha
O vinho acabou; coitados Senhor
Será que o sorriso
Será que os sonhos
Será que esta festa tão linda acabou?

Jesus, o amigo dos noivos;
Jesus, o amigo dos sonhos;
Jesus, o amigo da festa,
O amigo da vida estava ali
Mandou encher as talhas com água
E ao servir as taças a água mudara
No vinho mais raro que alguém já provara
Não parem a música
O amigo da festa mandou.

Ainda sobre as que contam histórias, destaco: Estima (que fala sobre a ovelha perdida), A Capa e o Mestre (que fala lindamente sobre a cura do cego de Jericó Lucas 18: 35- 43) e Fim de Tarde no Portão baseada na parábola do Filho Pródigo.
Como falei no início do post, seria muito complicado falar sobre cada uma das músicas dos cds gravados pelo Stênio. Para adquirir os cds, basta enviar uma mensagem para a esposa dele, a simpatissísima Selma, através do e-mail: sdeoliveiranogueira@gmail.com e combinar os detalhes com ela.
Fica aqui a recomendação do trabalho desse poeta que tanto abençoa a vida de todos nós com boa música, um saboroso alimento espiritual.
 Stênio, obrigado pela música!





Obrigado Pela Música
Stênio Március


Obrigado pela música, melhor sofrer perto dos sons
Do que celebrar calado, silêncio é nobre mas vazio.
Obrigado pela música, suavizou os temporais
Tornou os dias leves e redobrou as alegrias.
Obrigado pela música,
Nela a alma pode saciar
Esta sede que só vai parar
Se eu te adoro, ó Deus com música.
Obrigado pela música, não me deixou perdido e só
E até os desencontros, foi colo certo e ombro amigo
Obrigado pela música, que me ajudou a amar demais
Nos berços e varandas, os filhos embalei e as esperanças.
Obrigado pela música,
Nela a alma pode saciar
Esta sede que só vai parar
Se eu te adoro, ó Deus com música.


3 comentários:

Daniel disse...

Que post lindo momo... agora fiquei com mais vontade de acrescentar uma playlist do Stênio no meu pen pen... vou fazer isso por que ja conhecia e gostava de joão alexandre a acho que posso curtir o stênio tb... amei o post lindoca

Kelyson disse...

Como que eu não pensei nisso antes? xP
Adorei, Debba! ^^

nicolas disse...

Oi! Adorei seu blog! Seguindo! Se quiser da uma passadinha la no blog!

Xau!


http://dicasblogspot-db.blogspot.com.br/

Good People (Spoiller Alert!), de David Foster Wallace

Leia o texto a seguir e somente após ter feito isso, volte e leia a análise: GOOD PEOPLE Two young Christians and an unwanted pregna...

•top sabores•